Uma portaria já havia sido baixada a semana passada pelo Presidente, Vereador Francisco Tomaz Oliveira Filho (Chiquinho), com data até 31/03, com a suspensão das sessões ordinárias do Legislativo. Vencido o prazo e em concordância com as recomendações de órgãos internacionais, estaduais e do Município, unidos no mesmo objetivo de trabalhar para o bem comum de toda população, a mesa diretora optou pela extensão do prazo para retorno das sessões ordinárias para dia 17/04/2020, fato validado pelos demais Vereadores. Segundo Presidente diante do grande número de pessoas que acompanham as sessões na galeria da câmara, assim como para a segurança de funcionários e dos próprios 17 Vereadores da casa, seguir sem as sessões é o mais prudente nesse momento, onde a aglomeração de pessoas está terminantemente proibida.

“Sabemos da importância das nossas reuniões para a vida da população, mas agora diante de uma pandemia como essa, o melhor a fazer é deixar de votar projetos importantes, para que possamos voltar o mais breve possível, com todos nossos colaboradores e Vereadores bem de saúde, assim como a população que está sempre junto conosco acompanhando o trabalho do legislativo”. Ele ressaltou ainda, que se trata de um momento onde todos estão se sacrificando e que precisa existir união, independente de partido político, o objetivo é um só, combater o Coronavírus, afirmou Francisco Tomaz. Para dar continuidade nas atividades internas da Câmara Municipal, foram estabelecidas rotinas de escala e revezamento dos servidores assim como regime Home-Office, observando inclusive as prioridades e cuidados necessários para aqueles que são considerados Grupo de Risco (Maiores de 60 anos, grávidas, e portadores de doenças crônicas)

COMENTE NO FACEBOOK