A Câmara de Mediação e Arbitragem (CMA) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) é a primeira entidade do segmento a receber o selo de qualidade do Programa Brasileiro de Autorregulamentação de Boas Práticas em Arbitragem, Conciliação e Mediação (Parconima), concedido pelo Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima). O certificado foi entregue no último dia 14, na sede do Crea-Minas, em Belo Horizonte. A CMA ganhou o título após análise, verificação e auditoria realizadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que constatou os parâmetros técnicos e éticos dos procedimentos de resolução e conflitos.

Com as vantagens de garantir celeridade, sigilo e especialidade, a prática da conciliação, mediação e arbitragem e os Comitês de Resolução de Disputas (CRD) são alternativas ao judiciário que vêm se consolidando no Brasil. Para o presidente da CMA/Crea-Minas, engenheiro civil Clémenceau Chiabi Saliba Jr., o recebimento do selo de qualidade, que é entregue após uma preparação de procedimentos e regulamentos, além de auditorias internas e externas, é uma garantia de segurança para quem recorre aos serviços prestados pela Câmara.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here