Para comemorar  o Dia  Mundial Contra as Hepatites Virais, objetivando marcar a data, a Secretaria Municipal de Saúde de Capinópolis, em parceria com a Vigilância Epidemiológica e a Atenção Primária, realizou uma série de atividades de conscientização, tais como: Blitz educativa no centro da cidade, orientações em pontos estratégicos, panfletagem, verificação do cartão vacinal, ofertando vacinação contra Hepatite B, visitas aos salões de beleza, barbearias, manicures e pedicures, sala de espera em todas as unidades dos PSF´s e entrega de preservativos.

No último dia 26, a equipe do NASF Capinópolis realizou também abordagens no comércio local, orientando sobre a importância do controle da doença e a realização de testes rápidos que estão disponíveis nas unidades de PSF’s.

Vale ressaltar que existem sete tipos de Hepatite: A, B, C, D, E, F (ainda não diagnosticada em humanos) e G. A doença pode causar a infecção crônica do fígado e possivelmente se tornar câncer na idade adulta. A inflamação pode ser causada pelo vírus da doença, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. Entre os sintomas da hepatite estão mal-estar, dor abdominal, febre baixa, dor de cabeça, fadiga, vômitos e pele amarelada. A do tipo A é comum em crianças e ocorre de forma branda e sem sintomas. Entretanto, ela é mais séria em adultos e os sintomas tendem a ser mais graves. A transmissão deste tipo se dá por meio de água e alimento contaminados.

Pessoas que compõem o chamado grupo de risco são os profissionais do sexo, trabalhadores da área de saúde, coletores de lixo, usuários de drogas injetáveis, índios, vítimas de abuso sexual, pessoas reclusas, dentre outras. Elas podem e devem procurar as unidades de saúde para se vacinar. Para estes, a vacinação é realizada independentemente da faixa etária e não é necessário revelar o motivo pelo qual se está buscando a vacina. É preciso apenas estar com o cartão de vacinas. Para evitar a doença utilize sempre material esterilizado ou descartável em manicures, estúdios de tatuagem, acupuntura, serviços de saúde e procedimentos médicos e odontológicos. Não compartilhe escovas de dente, alicates de cutícula e lâminas de barbear ou depilar. Evite o contato com águas contaminadas, lave bem as mãos, cozinhe bem os alimentos e utilize preservativo em todas as relações sexuais.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here