A Cemig Geração Distribuída será parceira da Mori Energia em até nove usinas solares fotovoltaicas em Minas Gerais. Nos últimos dias, a empresa especializada em energia renovável e geração distribuída protocolou junto ao executivo estadual a intenção de instalar 32 usinas no estado, projeto que envolve aporte de R$ 530 milhões.

De acordo com o diretor-presidente da Cemig GD, Danilo Gusmão Araújo, a primeira usina já foi inaugurada em fevereiro deste ano. Localizada em Janaúba (Norte de Minas), em uma área de 230 mil m2, o equivalente a 27 campos de futebol, a unidade custou R$ 18,5 milhões. “A planta é destinada ao atendimento a clientes atendidos em baixa tensão, como comércios e pequenas indústrias”, explica o executivo.

Agora, outras usinas serão instaladas em diferentes cidades, especialmente na região Norte de Minas que, segundo o Atlas Solarimétrico da Cemig, apresenta valores médios de potencial de geração de energia comparáveis aos melhores valores do país, encontrados no território nordestino. A potência total das nove usinas é de 32 MW (megawatts), o que seria suficiente para atender ao consumo de aproximadamente 37 mil residências.

COMENTE NO FACEBOOK