O HOSPITAL SÃO JOSÉ DA SOCIEDADE SÃO VICENTE DE PAULO com grande preocupação e pesar COMUNICA que não obstante todos os esforços empreendidos por este junto aos Gestores do SUS de Ituiutaba e região, não conseguiu solucionar o problema referente ao desequilíbrio contratual existente. Os valores recebidos pelo Hospital não são suficientes para suportar todas as despesas com os serviços prestados a população. Em função da falta de recursos financeiros os profissionais médicos informaram a paralisação dos atendimentos médicos a partir do dia 01/08/2018 (quarta-feira), depois prorrogado para 07/08/2018 (terça-feira). Assim, a partir de amanhã as clínicas:

  • Anestesiologia;
  • Cirurgia Geral;
  • Pediatria e Neonatologia;
  • Ginecologia e Obstetrícia.

Suspenderão os atendimentos, conforme comunicado enviado ao Hospital em 29/06/2018 cujo teor foi cientificado o Gestor de Saúde de Ituiutaba (Secretaria Municipal de Saúde) e dos municípios da Região, mas ninguém apresentou uma proposta capaz de minimizar a ausência de recursos por parte do Hospital, que possui um déficit mensal de aproximadamente R$ 300.000,00 (trezentos mil reais). Os contratos com o Município de Ituiutaba não são reajustados há quase 3 (três) anos. Além disso, o Estado de Minas Gerais possui um débito de cerca de R$ 2.000.000,00(dois milhões de reais) com o hospital referente a serviços prestados e não pagos.

Todos os valores em atraso seriam suficientes para sanear o débito atual com o Corpo Clínico, mas a perpetuação da situação de financiamento acabaria por provocar outra crise em breve, pois nenhum prestador consegue manter suas atividades sem o mínimo equilíbrio financeiro de suas receitas e despesas.

Neste contexto, inúmeros ofícios foram protocolados junto a Gestão SUS, cerca de 12 (doze) Ofícios/Correspondências, nos últimos três anos, dando ciência da situação de desequilíbrio e da necessidade urgente de reequilibrar o contrato em vigor. Tudo com o objetivo de evitar situações como a ora comunicada de suspensão de serviços, por completa incapacidade financeira do prestador.

Destaca-se que toda essa situação, conforme demonstrado acima foi notificada aos gestores com tempo suficiente para adoção de medidas saneadoras, porém mais uma vez ao prestador foi delegado a responsabilidade de resolver a questão do financiamento dos serviços de saúde, prestados no âmbito do SUS. Prefeitura de Ituiutaba, Gestor do SUS em Ituiutaba, Conselho Municipal de Saúde de Ituiutaba, Gerência Regional de Saúde Ituiutaba, Câmara Municipal de Ituiutaba, todos foram informados previamente da grave situação vivenciada pelo Hospital, inclusive a imprensa local noticiou de forma sistemática essa situação.

Esclarecemos também que estamos em permanente negociação com o corpo clínico, Gestor do SUS em Ituiutaba, Prefeitura de Ituiutaba e Municípios da Microrregião de Ituiutaba, buscando soluções para que a população não fique prejudicada.

Ituiutaba(MG), 06 de Agosto de 2018

 

Hospital São José da Sociedade de São Vicente de Paulo

Vicente Pereira da Silva

Diretor Presidente

 

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here