Nos primeiros cinco meses, o saldo entre admissões e demissões no estado foi de 736 vagas para cada 100 mil habitantes, enquanto, no Brasil, foi de 369

 

O ritmo de geração de empregos em Minas Gerais continua aquecido em 2018. Levantamento exclusivo feito pela Assessoria de Gestão do Observatório do Trabalho da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) aponta que, entre janeiro e maio deste ano, o saldo entre admissões e demissões no estado foi de 736 vagas para cada 100 mil habitantes, enquanto, no Brasil, foi de 369, no mesmo período.

De acordo com o estudo, que também é baseado em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho (MTE), em números absolutos o estado registrou saldo positivo de 73.159 empregos formais no resultado acumulado dos cinco primeiros meses deste ano. O número é 57% maior que o verificado no mesmo período de 2017, de 46.583 vagas.

COMENTE NO FACEBOOK