A Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis) comemora os 10 anos de MagisCultura este ano, lançando a 20ª edição da publicação que reúne contos, poemas, ensaios, crônicas e outros textos literários de juízes e desembargadores do estado de Minas Gerais. Iniciativa pioneira do então presidente da Amagis, e hoje presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias de Morais, a publicação, ao longo de dez anos, MagisCultura esteve sob o pálio de quatro presidentes da Associação, além de Nelson Missias, Bruno Terra Dias, Herbert Carneiro, e o atual presidente Maurício Soares. A revista já publicou trabalhos de 80 autores entre magistrados mineiros e alguns dos principais nomes da literatura brasileira. Para o presidente da Associação, desembargador Maurício Soares, “a presente edição da MagisCultura é um atestado incontestável de que ela é uma revista plenamente consolidada, pela sua permanência ímpar de dez anos e pela robustez intelectual de seu conteúdo”, disse.

 

A edição comemorativa homenageia a professora e pesquisadora mineira Magda Soares, pelo seu trabalho e sua história de educadora.  Um texto sobre a educadora, do jornalista e editor da revista, e um trabalho de autoria da professora Magda Soares, intitulado Ciência e pesquisa na área da Educação estão presentes na nova edição de MagisCultura.

 

A capa faz referência ao Casarão da Praça da República, erguido em 1898, para ser a sede do primeiro curso de Direito em Minas Gerais. Este ano, o Casarão completaria 120 anos, se não tivesse sido demolido em meados dos anos de 1950. Ele ficava na antiga Praça da República, hoje Praça Afonso Arinos, em Belo Horizonte.

 

 

Todas as edições da revista estão disponíveis no site da Amagis.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here