Instituições de Ituiutaba, Araguari, Uberaba, Araxá e Patrocínio estão entre as beneficiadas

 

04/07/2018. Credito: Euler Junior/Comunicacao Empresarial/Cemig. Belo Horizonte-MG. Brasil.
Solenidade de abertura do Projeto Hospitais do Programa Energia Inteligente. Na mesa da esquerda para direita, Carlos Renato Franca Maciel, Superintendente de Tecnologia, Inovação e Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz , Gerente de Eficiencia Energetica da Cemig, o Deputado Estadual Bosco, Dr. Thiago de Azevedo Camargo, Diretor de Relacoes Institucionais, Dr. Jose de Araujo Lins Neto, Diretor de Gestao Empresarial da Cemig e Lisandro Carvalho de Almeida, Chefe de gabinete do Secretario de Estado de Saude de Minas Gerais.

A Cemig e o Governo do Estado de Minas Gerais vão destinar R$ 40 milhões para a eficiência energética em 80 hospitais mineiros, que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).  O anúncio da segunda etapa do projeto, que irá beneficiar mais 50 instituições, foi feito, nesta quarta-feira (4/7), pelo diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago de Azevedo Camargo, a representantes dos hospitais contemplados, reunidos na sede da companhia, em Belo Horizonte. “O objetivo é identificar oportunidades de melhorias nos equipamentos e nos processos hospitalares, introduzindo as melhores práticas em economia de energia e promovendo o uso consciente”, reafirmou o diretor.

De acordo com o secretário de saúde de Minas Gerais, Nalton Cruz, os recursos que estão sendo aplicados são de grande importância para os hospitais. “Em um momento de dificuldade financeira que o país e o estado de Minas Gerais estão vivendo, essa questão da eficiência energética, com o lançamento desse programa, será considerável para diminuir os custos dos nossos hospitais”, confirmou.

Hospitais beneficiados

Entre as 50 instituições que serão atendidas na segunda etapa estão o Sanatório Espírita José Dias Machado, de Ituiutaba, as Santas Casas de Misericórdia de Araguari e Patrocínio, hospitais da Criança e São José, de Uberaba e Santa Casa de Araxá, dentre outras.

Benefícios

O Programa Energia Inteligente irá beneficiar 80 hospitais em Minas Gerais, com a troca de lâmpadas convencionais por equipamentos de tecnologia LED, de alto rendimento e baixo consumo de energia, e a substituição de aparelhos de esterilização das unidades hospitalares (autoclaves) por equipamentos com maior capacidade. Para o setor de lavanderia dos hospitais, o programa fará a substituição de secadoras por máquinas rotativas, com controle de tempo e temperatura automático, com comando automático e digital de tempo e temperatura regulável. As novas secadoras proporcionarão ainda economia de reposição de materiais, pois evitam o superaquecimento dos tecidos.

Alguns hospitais serão contemplados também com sistemas de aquecimento solar. O objetivo é proporcionar a retirada de consumo de energia do horário de ponta, além de proporcionar economia estimada em 70% da energia consumida para banhos. Outros hospitais contarão com a geração própria de energia, por meio da implantação de sistemas de energia solar fotovoltaica, reduzindo diretamente a fatura de energia das unidades hospitalares beneficiadas.

Os focos cirúrgicos, que são equipamentos de iluminação utilizados nos blocos cirúrgicos, serão substituídos pela tecnologia Led. Além de melhorar a iluminação nas salas, esses focos possuem câmera de vídeo e tela de alta definição, que irão permitir aos hospitais realizarem procedimentos cirúrgicos de maior complexidade. Será aplicada também gestão energética nas unidades, pela elaboração de planos de gestão de energia que estabeleçam metas, objetivos e estratégias para a redução do consumo e do planejamento do uso eficiente de energia elétrica na administração universitária.

 

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here