Mesmo que toda mulher saiba que deve fazer consultas ginecológicas no mínimo uma vez ao ano, vale sempre lembrá-las. O outubro Rosa é exemplo de mais um alerta. Apesar de a campanha ter como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, relembra outros exames que não podem faltar no check-up das mulheres. 

Exames Laboratoriais: é importante fazer anualmente exames de sangue como hemograma, dosagem de glicemia sanguínea, colesterol, triglicérides, avaliação da função da tireoide, além de um exame urinário básico.

Sorologia: ajuda a detectar doenças provocadas por microrganismos, como hepatite, sífilis, HIV. 

Teste de Papanicolau: é um exame que verifica infecções e alterações nas células do colo do útero, infecções por fungos, herpes e verrugas no órgão genital feminino. 

Ultrassom Pélvico: visualiza a morfologia das estruturas genitais internas, como útero e ovários. 

Densitometria Óssea: verifica a densidade dos ossos, determinando a presença de osteoporose ou de sua precursora, a osteopenia. 

Ultrassom transvaginal: realizado pela introdução de um pequeno bastão na vagina e com ele, é possível detectar doenças como cistos no ovário, endometriose, miomas e até tumores.  

Colposcopia: detecta ferimentos que possam estar na vagina, na vulva ou no colo do útero. 

Urocultura: seis em cada dez mulheres, sofrem de infecção urinária.  

Por: Dr. Domingos Mantelliginecologista e obstetra

COMENTE NO FACEBOOK