Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, o deputado federal Rodrigo Pacheco (MDB) confirmou, nesta quarta-feira (31), que pretende disputar o governo de Minas Gerais nas próximas eleições. O deputado declarou que almeja buscar a união de forças representativas da sociedade civil para o resgate de Minas em face do que ocorre no atual governo. Rodrigo Pacheco, que recebeu convite de muitos partidos para se lançar na disputa, reiterou o desejo de fazê-lo pelo MDB sem, no entanto, deixar de se sentir honrado com os convites que vem recebendo. Mais uma vez, o deputado repeliu a hipótese de sua futura candidatura ser vinculada a algum padrinho político.

“Eu tenho uma decisão, nesse momento, um propósito muito sincero da disputa ao governo do estado de Minas Gerais. Isso decorre, de fato, da minha biografia, do que de certo modo eu desempenhei nesse meu curto tempo na política, nesse meu primeiro mandato de deputado federal. Inclusive, à frente da Comissão de Constituição e Justiça”, avaliou.

Rodrigo Pacheco entende que os mineiros e os municípios onde eles vivem vêm enfrentando inúmeras dificuldades com a ineficiência apresentada pela atuação gestão do PT no governo de Minas. Pacheco defende a ideia de apresentar à sociedade um projeto inovador de governo, com princípios calcados na ética e na eficiência administrativa, sem inchaço da máquina pública, com menos secretarias, e com inovações que não recaiam na velha fórmula de aumentar os impostos para inflar a arrecadação.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here