Qualquer ser humano vivo está sob emoções. É só observar como foi seu dia, como acordou, passou, reagiu e como o dia terminou.
E a pergunta que fica é: você sabe lidar com essas emoções? Parece que temos uma resposta automática que impulsiona a falar que sim, mas admitir e entender essas emoções requer mais entrega que possamos imaginar, pois trata-se de abrir um espaço para si e para o outro.
E essa doação pede que tenhamos um olhar focado, é desafiador ter a atenção para mais sentimentos ao mesmo tempo. Vou dar um exemplo que talvez o ajude; se você estiver no meio de uma discussão, seja no supermercado ou trabalho, e aparece um cão com raiva (a doença), você sentirá medo dele ou não? Alguns podem até dizer quer não, mas o corpo de forma automática e natural pode reagir de outra forma, como bambeando as pernas ou correndo. É fato.
Penso que para começar a entender sobre esse assunto ainda cheio de preconceitos e defesas, o melhor seja trabalhar um talento de forma positiva, porque não existe uma fórmula mágica de como lidar com as emoções e sim começar a entender como elas interferem em nossas vidas e nas das outras pessoas.
O “sentir” é como uma função vital, aproxima de nossa essência, dos defeitos às qualidades. Conhecer e entender a emoção de outra pessoa é ainda mais gratificante e enriquecedor. É só tentar!
E como se trata de algo muito pessoal, convido você a fazer uma análise de como estão seus sentimentos, como são administrados e refletem em sua vida. É como ter um jardim dentro do seu corpo e poder fazer dele terra fértil na chuva ou na seca, é plantar um pensamento positivo de manhã e cuidar a toda hora observando e conhecendo o seu interior. Uma sugestão é gastar energia boa para mudanças.

 

Tudo de Bom!

JanaVig

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here