Sobre a ocorrência, a carga foi localizada aos fundos de uma barraca(comércio) às margens da BR 153, próximo do município de Centralina.  Segundo a versão do proprietário da barraca (autor da receptação e da posse ilegal das duas armas), a carga de Milho havia sido adquirida por ele mediante compra (aproximadamente 28Ton), de uma pessoa a qual não quis declinar o nome. O mesmo autor relatou ainda que a carga foi descarregada por volta das 16h naquele local. Contudo, durante diligências, constatou-se que havia aproximadamente 60 sacas de soja, também, no local, sem precedência. O que aparenta/sugere, que o local comumente é utilizado para tal finalidade, pois além dos dois tipos de grãos citados, foram encontrados vestígios de ração animal no local. A PMMG chegou até o local dos fatos, mediante acionamento da PMGO(GPT-Itumbiara), após os mesmos terem feito contato telefônico com a PMMG de Centralina, e nos informado que havia uma localização do rastreador do caminhão roubado(Houve uma ocorrência de Roubo de Carga no município de Santa Helena do Goiás-GO, no dia 12/02/2020, por volta das 09h, registrada pela PMGO. A Carga seguiria de Goiás ao Estado do Espírito Santo), próximo do KM 29, da BR.153 município de Centralina. Na mesma ocasião, a PMGO de Itumbiara realizou a prisão de dois indivíduos do sexo masculino, após abordados dentro de caminhão, que estava acoplado à carreta que foi roubada em Santa Helena do Goiás. O Caminhão trator(cavalo) até o encerramento da ocorrência, não tinha sido localizado.

COMENTE NO FACEBOOK