Na última quarta-feira, (27) a seleção brasileira garantiu a vaga nas oitavas de final, ao vencer a Sérvia por 2 a 0. O Brasil se classificou como líder do Grupo E, com 7 pontos. Os alemães perderam para a Coreia do Sul, também por 2 a 0, e estão fora do Mundial. O México perdeu para a Suécia por 3 a 0 e só se classificou porque a Alemanha perdeu seu jogo. Na próxima fase, Brasil e México se enfrentam, enquanto a Suíça, que classificou em segundo no Grupo E, joga contra a Suécia.

Alemanha 0 x 2 Coreia do Sul

Da Alemanha, após a vitória heroica no último minuto na rodada anterior, esperava-se um jogo mais inspirado. A Alemanha fez três partidas ofensivamente pobres nesta Copa e em nada lembrou o time que levou a taça no Maracanã, há quatro anos. Faltaram criatividade, inspiração e o sangue frio que fez o futebol alemão ser tão respeitado nos últimos anos.

Brasil 2 x 0 Sérvia 

O Brasil tem melhorado de rendimento a cada partida. Aos poucos, passa a ter mais domínio ofensivo sem tentativas desesperadas de marcar o gol. Esse último jogo foi a partida mais lúcida de Neymar. Sem reclamar da arbitragem e forçar jogadas pelo meio, com dribles infrutíferos, o camisa 10 deu segurança para o ataque brasileiro pelo lado esquerdo do campo.

A saída precoce do lateral-esquerdo Marcelo, com dores na região lombar, deixou o time apático por alguns minutos. Mas a equipe soube se reestruturar, mantendo a paciência e trocando muitos passes. A vitória contra a Sérvia mostrou um time frio, calculista e seguro. Em nada lembra o folclórico futebol brasileiro, alegre e com muitos dribles. Mas o jogo da última quarta-feira do Brasil mostrou um futebol eficiente em um torneio em que muitas grandes seleções têm sofrido sem um padrão claro de jogo. Argentina, Espanha e Alemanha que o digam.

 

Fonte: jornal do brasil

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here