A fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) contabilizou 155.669 ações em todo o estado em 2017. O número recorde superou em 27,6% o total das inspeções ocorridas no ano anterior, que já havia atingido a marca histórica de 121.952 ações. Na Regional Triângulo do Crea-Minas, que compreende as cidades de Araguari, Monte Carmelo, Ituiutaba e Uberlândia, foram realizadas 7.432 ações de fiscalização.

O gerente de Fiscalização do Crea-Minas, engenheiro mecânico Guilherme Rodrigues, destaca que a adoção de metodologias inovadoras e mais inteligentes, além da celebração de convênios com órgãos parceiros, contribuiu para alcançar este novo recorde. “Buscamos incessantemente a melhoria e desburocratização dos nossos processos, a facilitação do acesso às informações, o uso mais presente dos recursos tecnológicos e o contato e a interação com os nossos fiscais”, explica.

Outro índice comemorado foi o de emissão de Autos de Infração (AIN), que se manteve em 2,2%, o que evidencia a eficiência da fiscalização com foco na orientação e na regularização com a emissão apenas de notificações. “Isso mostra o empenho do Crea-Minas em orientar e buscar a regularização das atividades de base tecnológica sem utilizar o recurso da penalização. Emitir o Auto de Infração somente em último caso”, afirma Guilherme. Segundo ele, a equipe do setor de Fiscalização é orientada a tentar todas as alternativas possíveis para regularizar uma situação, evitando que a multa seja aplicada.  

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here