Apesar de se tratar de uma condição clínica individual, a obesidade é vista, cada vez mais, como um sério e crescente problema de saúde pública. A obesidade tem que ser tratada como uma doença crônica, assim como a Diabetes e a Hipertensão.

  A obesidade sempre tem várias causas: fatores genéticos, ambientais (hábitos pessoais e familiares), hábitos populacionais, fatores sócio-econômicos, compulsão ou depressão, entre outros.

 O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, aumento do colesterol, aumento dos triglicérides, diabetes tipo 2, pedra na vesícula, gota, artrite, cansaço, refluxo esofágico, 14 tipos de câncer, coronariopatia, insuficiência renal, apnéia noturna do sono, esteatose hepática, insuficiências glandulares, entre outros.

COMENTE NO FACEBOOK