Você tem alguma ideia ou empresa que produz, desenvolve produtos, processos ou serviços inovadores com potencial mercadológico? O Centro de Incubação de Atividades Empreendedoras (Ciaem), com o apoio da Diretoria de Inovação e Transferência de Tecnologia (DIRTC) – Agência Intelecto e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), prorrogou as inscrições para a incubação de projetos até a próxima quinta-feira (21/06).

Podem participar as comunidades acadêmica e externa que tenham projetos ou empresas com produtos inovadores. “Este é o requisito básico: a empresa ou o projeto deve ter foco em inovação, ou ser uma startup em qualquer área, desde agronegócio, saúde, mecânica ou biotecnologia”, explica a coordenadora do Ciaem, Manuela de Oliveira Brotel.

Serão escolhidos quatro projetos, dois para a modalidade pré-incubação e dois para incubação, mas apenas as inscrições para incubação foram prorrogadas. De acordo com a coordenadora, na pré-incubação não existe empresa formalizada. “É um empreendedor ou um grupo de empreendedores que têm uma ideia. O processo pode durar de seis meses a um ano. O foco desta modalidade é o estudo de viabilidade, no desenvolvimento de um plano de negócio”. Por sua vez, segundo Botrel, “na modalidade incubação existe uma empresa já formalizada. O processo dura de 24 a 36 meses e a empresa tem acesso à infraestrutura física do Ciaem, com uma sala na incubadora. O foco principal é a finalização do desenvolvimento do produto e inserção no mercado”.

O Ciaem colocará à disposição dos empreendedores selecionados benefícios como: instalações físicas, cursos, seminários, palestras, acompanhamento e orientação, auxílio para a busca de financiamento e cadastramento em órgãos governamentais e consultorias nas áreas jurídica, financeira, mercadológica, administrativa e tecnologias de gestão.

Veja as regras para submissão dos projetos no site do Ciaem.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here