O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, impôs na última terça-feira (13), novas restrições a reuniões, restaurantes, esportes e atividades escolares em uma tentativa de desacelerar o crescente aumento nas infecções pelo novo coronavírus.
O decreto do governo da Itália passa a valer a partir de quarta-feira (14) e tem previsão de durar um mês. Ele foi publicado após vários dias de discussões dentro do governo que geraram diferentes versões do texto e produziu especulações de ministros sobre as medidas a serem adotadas.
A decisão proíbe festas em restaurantes, clubes ou a céu aberto. Além disso, há a recomendação para que as pessoas não façam festas em casa ou recebam mais de seis convidados por vez. Casamentos e outras cerimônias não podem ter a presença de mais de 30 pessoas.
O decreto aconselha o uso de máscaras – que já é obrigatório ao ar livre e em prédios públicos – também dentro de casa, quando membros de fora da família estiverem presentes.

COMENTE NO FACEBOOK