Quantas vezes você presenciou alguém jogando sacolinha plástica ou latinha pela janela do carro? E jogar lixo no quintal ao lado da casa por que está vazio e com mato? O combate ao mosquito transmissor de Dengue, Zika Vírus e Chikungunya está perdendo espaço para a falta de educação e consciência de muitos moradores nas cidades. E o maior problema, é que é um assunto que vem sendo amplamente discutido e divulgado há mais de 3 décadas, ou seja, um tema diário discutido em sala de aula, nas palestras, nos jornais e nas redes sociais. São mais de 30 anos e os mesmos erros da época, continuam sendo vistos no dia a dia.

Para os agentes que no dia a dia trabalham no combate a Endemias nos municípios, se a população não se educar quanto a maneira correta de descartar o lixo, poderemos em breve, ter que conviver com epidemias provocadas pela falta de higiene e educação. E o alerta é importante, pois um vizinho que não cuida da sua casa e do seu quintal, é o responsável por colocar em risco a vida de outras dezenas de pessoas que moram ao seu redor.

Uma alternativa poderia ser a criação de um “Selo” que após vistoria na residência, as pessoas que ajudam a cuidar e mantém seu ambiente livre dos riscos, ganharia esse adesivo tranquilizador para ele, e seus vizinhos. Por outro lado, criaria uma rede de cobrança, onde os próprios vizinhos cobrariam ações dos demais vizinhos para cuidar de sua casa e do arredor.

Isso seria muito importante na manutenção de terrenos baldios limpos, que nesse caso ganharia outro reforço, a criação de Lei que gere multa para quem tem terreno baldio e não cuida do mesmo. Cuidar do terreno baldio não é apenas limpar uma vez no ano, e mantê-lo limpo, e cercado o ano todo.

Com o início das aulas, as Prefeituras e suas Secretarias de Saúde, em parceria com outras Secretarias responsáveis pela fiscalização deverão proceder junto à comunidade, e em especial levando o assunto para dentro da sala de aula, de forma a ganhar adeptos e multiplicar a rede de combate a doenças, especialmente através da educação.

COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here