Na última segunda-feira, a revista France Football anunciou o vencedor do seu tradicional prêmio, e o argentino se isolou na lista de ganhadores, deixando para trás Cristiano Ronaldo, com cinco.

O português da Juventus, aliás, não foi a Paris para a premiação. Ele terminou em 3º lugar, atrás de Virgil van Dijk, do Liverpool.

Em setembro, o astro do Barcelona já havia conquistado o The Best, da Fifa. Desde que os dois prêmios se separaram, em 2016, os ganhadores sempre foram os mesmos.

Messi ficou com o troféu no atual formato pela 1ª vez, já que sua última conquista tinha sido em 2015 – as outras foram em 2009, 2010, 2011 e 2012.

COMENTE NO FACEBOOK