O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Renato Moura, anunciou que as obras nos Residenciais Nova Ituiutaba 2 e 4 serão retomadas no próximo dia 3 de abril e a expectativa da construtora responsável pelo término da obra é que as chaves das 800 unidades habitacionais sejam entregues dentro de seis ou sete meses, ou seja, ainda neste ano de 2019.

Esta informação foi repassada a ele, durante reunião realizada na Superintendência da Caixa Econômica Federal, por diretores da Caixa e da Resecom Construtora, empresa vencedora da licitação para conclusão da obra. “Esta é uma notícia que nos dá um prazer muito grande de repassar à população, pois ao que tudo indica estamos muito próximos de ver realizado o sonho da casa própria para 800 famílias de Ituiutaba”, disse Renato Moura.

Ainda nesta sexta-feira, diretores da Resecom Construtora, empresa contratada pela Caixa Econômica Federal para a conclusão destas duas obras, estiveram na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, mais especificamente no Departamento de Habitação, alinhando os últimos detalhes para o reinício dos trabalhos.

“A primeira frente de trabalho se dará com a limpeza de todo o canteiro de obras. Faremos a capina do mato, retirada de entulhos e de todo tipo de material que possa prejudicar o bom andamento da obra. Posteriormente, faremos a contratação de profissionais para a execução de todos os serviços”, adiantou a gerente administrativa da Resecom Construtora e Empreendimentos, Nadja Silva.

Segundo ela, como o objetivo é concluir os dois residenciais e entregar as chaves às famílias beneficiadas, o mais breve possível, deverão ser abertas aproximadamente 200 postos de trabalho. A contratação de mão de obra se dará através do Sistema Nacional de Emprego (SINE), a partir da próxima semana.

O engenheiro civil e CEO da Resecom Construtora e Empreendimentos, Wilson Alves, também esteve em Ituiutaba na tarde desta sexta-feira e garantiu que havendo o trâmite normal e repasse de recursos por parte do governo federal, através da Caixa Econômica, as casas serão entregues dentro do prazo previsto.

“Temos 30 anos de atuação no mercado da construção civil e estamos há 15 anos prestando serviço para o governo, através da Caixa Econômica Federal. Nunca deixamos de entregar nenhuma obra e não será agora que isso acontecerá. Quero tranquilizar as famílias que aguardam suas chaves, que estas casas serão concluídas sim”, afirmou Wilson Alves.

COMENTE NO FACEBOOK