Passamos a maior parte de nossas vidas tentando nos conhecer um pouco. Isso é uma forma natural de crescimento e fortalecimento.

Pensar sobre o que você gosta e deseja não é egoísmo, e sim uma tentativa de melhorar suas relações com os outros e talvez uma luta interna para se conhecer. A pergunta que fica é: “como”? Bem, diariamente escutamos opiniões, ouvi-las e filtrar o que você considera produtivo também é uma forma de se entender.

Imagine alguém que não consegue escutar nenhuma opinião, que prefere ficar preso as suas convicções, independente de noticiários de TV, de estudos, debates, palestras, conversas no bar ou padaria… essa pessoa fica alienada a sua própria existência. Mas quem sobrevive sozinho?

Nós necessitamos de contatos, diálogos e até mesmo discussões, isso é naturalmente saudável para a construção de nossas escolhas. Somos fruto delas, das escolhas, e quanto mais soubermos lidar com elas mais estaremos próximos do amigo, da família, do filho do colega de trabalho, sabe por que? Porque o meu espaço cresce quando conheço minhas forças e fragilidades, minhas qualidades e defeitos.

O que você deseja tem haver com seus valores, como reage diariamente às forças que a vida pede, com o respeito que tem por si e com os outros. Ter lucidez não é algo associado a pessoas idosas e sim a pessoas saudáveis e para chegar a tão sonhada lucidez é necessário muita dedicação, gratidão e perseverança.

 

Forte abraço!  JanaVig.

*este é um artigo de opinião

Gardner
COMENTE NO FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here