O prefeito de Gurinhatã, Wender Luciano foi um dos presentes ao evento na quarta-feira, 20, para votar a proposta do Governo de parcelamento da dívida do Estado com as prefeituras de Minas Gerais no que se refere a repasses constitucionais. A assembleia geral da Associação Mineira de Municípios (AMM) reuniu 328 prefeitos, além de vereadores, vice-prefeitos e servidores públicos.

 

Segundo Levantamento apresentado pela Associação Mineira de Municípios no último dia 11, a dívida com o município de Gurinhatã chegou ao valor de R$ 3.130.118,96 (Três milhões, centro e trinta mil, cento e dezoito reais e noventa e seis centavos).

 

A maioria dos gestores municipais votou contra a terceira versão da proposta apresentada e autorizou o presidente da AMM, 1º vice-presidente da CNM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, a negociar em nome de todos os prefeitos. O acordo engloba a dívida de mais de R$ 1 bilhão do atual governo, e aproximadamente de R$ 6,5 bilhões herdados pela gestão anterior.

COMENTE NO FACEBOOK